sábado, 2 de julho de 2011

Amnésia ou Miséria??



Já não sei o que lhe chamar, muito francamente. Quero dizer, conheço as músicas do Panda de cor e salteado; trauteio a música da bruxa Babiruxa e tenho as bandas sonoras da Disney gravadas; sei o Vitinho de trás para a frente, e embirro com os patinhos. Conheço as músicas da Carochinha de cor – mas não faço ideia do que raio jantei ontem!!!!!!!

Já me tinham avisado, gravidez provoca amnésia. E é um facto que já não me lembro da altura do parto – tenho uma vaga ideia que gritei, lol. Mas alguns pormenores tornaram-se difusos com o tempo.

Depois veio a época do acordar de 3 em 3 horas – ou nem sequer chegar a adormecer, como tantas e tantas vezes aconteceu – das fraldas, dos biberões e de tropeçar nos próprios pés. E levando em consideração o que aconteceu nesta altura, ainda hoje me pergunto, olhando para trás, como raio é que aguentei. Mas mesmo assim, vejo isto tudo à distância, como se tivesse ocorrido com outra pessoa ou fosse como um filme, já visto e revisto.

Isto é amnésia ou miséria? PDI ou sobrevivência da raça humana? Só isso é que explica os irmãos, penso eu... Que hajam casais que tenham vários filhos.

Lembro-me das fraldas, da quantidade de vezes que fui despejar o lixo “de urgência”. Vejo o Rei Leão e o Panda do Kung Fu non stop, cinco vezes por dia, e tento que cada vez seja a primeira – feito que é cada vez mais difícil, pelo menos para mim. Mas não me lembro onde enfiei o telemóvel.

Sei falas do Monsters Inc de cor e salteado; mas não me consigo lembrar se já pus sal na comida.

Conheço Tarzan de trás para a frente, mas esqueço-me do que fui comprar ao supermercado, faço a lista e esqueço-me dela em casa.

Esqueço-me de tudo no meu dia a dia; mas tudo quanto diga respeito ao meu pequerrucho, eu sei de cor e de nada olvido.

E depois olho para mim, para o meu piolhito que a cada dia me encanta cada vez mais e penso: e faria tudo outra vez.

Está comprovada a minha teoria.

Os putos provocam amnésia.

1 comentários:

Luar disse...

Esse puto é mesmo especial, tem o dom de nos fazer esquecer tudo e o mundo gira à volta dele!

E quando ele está, nós temos tudo!

Beijos com saudades

Enviar um comentário