quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Cansaço

Sinto-me tão cansada ultimamente, sem energia, sem capacidade de concentração. Arrasto-me por uma rotina que é sempre igual, sempre a correr, sempre stressada, sempre irritada. Já não vivo, só sobrevivo, e como eu, outros que diariamente tentam corresponder às exigências do dia a dia e tornam-se mais robots que humanos.

Meu querido menino, meu amor, sem vocês já tinha batido com a cabeça nas paredes ou pior. Vocês são a minha bússola, a minha razão de viver neste dia a dia cada vez mais monótono, numa confusão cada vez maior, num stress terrível e constante.

E eu tento manter a cabeça à tona de água enquanto as marés me correm não já no sangue, mas à minha volta.

3 comentários:

ANALUZ disse...

MInha Linda

como a vida é mesmo contraditória, eu estou, em casa, de baixa, faz quase dois anos, problemas de que já vão duas operações!

Eu também sinto-me tão cansada, e sem essa energia de que fala, e a concentração cada vez pior. A minha rotina é tb sempre igual, mas contratriamente a si, a minha é de estar parada, e de não me sentir útil!

e repito, desculpe a ousadia, a sua frase:

"E eu tento manter a cabeça à tona de água enquanto as marés me correm não já no sangue, mas à minha volta".

a vida, de facto, é tramada!!

são dois opostos da mesma face!!

beijo na ALma

Luar disse...

Tem a ver com mudanças de energia no planeta. Não és única, muitos se ressentem.
Beijos

Katy disse...

Luar,

Ou o planeta se despacha com a energia ou vamos andar todos a arrastar-nos.

Analuz,

Nem sei que lhe diga. Sentirmo-nos impotentes perante o que nos está a acontecer é o pior, penso eu. As melhoras, minha querida.

Enviar um comentário